Presságio

Tem coisas no cinema realmente que não entendo.
Por que um ator que em início de carreira é capaz de abdicar de um sobrenome famoso (Coppola) e sobreviver somente pelo seu talento, que é saudado em todo o meio como um dos melhores do mundo, que é reconhecido pelo esforço e dedicação (dizem que já engoliu uma barata viva em cena), que teve uma das melhores interpretações da história do cinema em Despedida em Las vegas, que ganhou oscar de melhor ator, que tem inúmeros excelentes diretores sempre o convidando para trabalhar, faz filmes como Presságio?
No trabalho anterior, Perigo em Bangkok, já fiquei contrariado. Um bom elenco e um bom diretor em um filme ruim. Coisas do acaso, pensei. Mas agora é demais. Presságio é uma mistura de terror, suspense e filme de "fim de mundo" com o final mais patético que vi até hoje. É verdade que existem alguns bons efeitos especiais, mas não o salva da ruindade.
Começa até bem. Há cincoenta anos, quando enterram uma capsula com alguns desenhos de crianças dentro, para ser explorada nos dias atuais. Pois uma menina coloca uma série de números que, sabe-se depois pela descoberta de nosso herói, tratam da data e a localização de desastres, além da quantidade de vítimas. Bem, aí a coisa toma outra dimensão. Aparecem no filme os tais 'seres sussurrantes', sempre com capotes escuros, seguindo o filho de Cage e a neta da menina dos números. Várias cenas desordenadas e sem função alguma acontecem até o grande desfecho: o apocalipse. Com data marcada e revelado na tal lista. Os seres sussurrantes nada mais são que extra-terrestres que vem buscar o casal de crianças para dar continuidade a nossa valorosa raça. Claro que só salvam horas antes do fim de tudo e sabe-se lá por que ficam feito zumbis o tempo todo. Nem imagino também a razão das revelações através dos números.
Agora o pior. Depois das cenas de destruição da terra, o grande final: o casal de crianças, com roupas claras, provavelmente de linho, é deixado em um planeta com um ambiente amarelado, aquecido, limpo, e ficam sobre o que parece ser um trigal de onde saem correndo em direção a uma árvore única. Ou seja, Adão e Eva.
Definitivamente na minha lista dos Dez Piores Filmes. Eu tenho paciência para essas coisas? Não, não tenho, mesmo com alguém como o Nicolas Cage por perto.
Mas a questão continua sem resposta. Qual a razão dele fazer um filme desses? Dinheiro? (O orçamento foi de 50.000.000 de verdinhas) Creio que não. Tem pessoas que tem mesmo adoração pelo trash cultural. Eu até curto algumas coisas, muito de leve e tal. Mas fazer parte, sei não. O cara tem que ter aquilo roxo, como diria o Collor, e o Nicolas tem. É a única razão que encontro. Ele é dado a essa excentricidade.
Olha que legal: falei em trash e lembrei do Collorido.
Mas, enfim, poupem o dinheiro do ingresso.


5 comentários:

Denise disse...

O Cage tem sim momentos geniais, com certeza. Mas o nome do filho do cara é Kal-El Coppola Cage, casou com a filha do Elvis num casamento-relâmpago-desastre só porque é doido pelo cara, e tem na filmografia coisas como A Lenda do Tesouro Perdido I e II e Ghost Rider... Acho que isso explica o fato de aceitar filmes assim. Ou não... Afinal, quem entende o Cage?

Felipe Lima disse...

Tenho uma hipótese: eles fazem exatamente o que o público quer ver. Não é atoa que filmes como presságio vão direto ao topo do box office de hollywood, enquanto os bons filmes amargam salas vazias.

É o que chamo de idiotização.

Beto Canales disse...

Idiotização. Ótimo. Vou adotar o termo.

Silvares disse...

Mas o que tem de especial uma pessoa (qualquer pessoa) só porque aparece nos écrâs? Quer mesmo saber? Na maior parte das vezes não tem nada de especial. Absolutamente nada a não ser dar corpo a alguns dos nossos sonhos e, assim, transformam-se em sonhos. Muitas vezes chegam à categoria de pesadelo!

.Dazinha. disse...

assisti ao filme ontem, já sabia do final, pois um amigo boca-aberta tinha contado mais ou menos, mas apesar de achar o Nicolas Cage,o sr-sem-expressão, e daquele cabelo uó que ele tem optado por usar nos ultimos tempos hahaha, pensei que não seria de todo o mal,massss, aquele final adão e eva, conseguiu se superar, hahaha, fiquei esperando aparecer uma serpente.