Ainda Gripe?

Faz 40 anos que fomos à lua. Falamos de um continente ao outro como se os interlocutores estivessem um na sala e outro na cozinha. Temos computadores que processam milhares de informações por segundo e custam pouco. Construímos aeronaves que cortam o planeta com segurança e conforto. Temos carros velozes e econômicos. Extraímos petróleo e gás há vários quilômetros abaixo do solo e ainda mar adentro. Criamos combustível através de plantas (particularmente tenho minhas ressalvas quanto a isso). Produzimos energia com a luz do sol, com a água, com o vento e até com lixo. Partimos o átomo. Criamos antibióticos poderosíssimos. Anestesias. Fabricamos pílulas para acalmar, para agitar, para tirar a dor, para não produzirmos bebês, enfim, para quase tudo. Fazemos transplantes de coração, fígado, pulmão, face... E estamos morrendo de gripe.
Algum tempo atrás, escrevi a respeito lembrando que o senhor ministro da saúde (não me canso de repetir, aquele que não opinou sobre uma questão de saúde pública por ter levado um "pito" da mamãezinha) convocou uma coletiva para repetir inúmeras vezes que não havia motivo para pânico. Escrevi porque achei engraçado. Pensei que se acontecesse o contrário, qual seria a postura do honroso ministro: viria a público para afirmar "há motivo para pânico"? Lembro da entrevista e foi dito com todas as letras que a população deveria continuar levando a vida normalmente. Terminei o texto com a pergunta "prevenir não seria mais sensato?"
Hoje, os casos passam de 179 mil e morreram por volta de 60 pessoas só no Brasil. As aulas estão sendo postergadas e os cultos e missas não. Eu acredito que não há motivo para pânico mesmo, mas não há algo estranho no ar, além do vírus?
Toda nossa tecnologia, nosso conhecimento. Todo o desenvolvimento da medicina e morremos gripados. Não seria melhor prevenir e evitar todas as aglomerações? Será que Deus não pode esperar para que fiquem orando para ele? Os mesmos governantes que se apressaram em aumentar as férias escolares não veem as aglomerações nos templos lotados? Ou os crentes e carolas são imunes a gripe?
Não sei, não sei. Tem coelho neste mato. Mais: porque esta atenção toda se tal gripe mata o mesmo que a comum, em torno de 0,5%? Eu acredito que mesmo se esse percentual fosse ínfimo, a melhor atitude seria ainda a prevenção, inclusive se atingisse a conta bancária do Edir Macedo.
São ações que se chocam. Frontalmente. Ora, o custo do adiamento de aulas é enorme, socialmente, pedagogicamente e economicamente. Nossos governantes assumem a responsabilidade - o que é de admirar - e tomam a atitude. Mas deixam de lado as igrejas. Não só elas, mas os cinemas, teatros e todo o resto. Se levarmos em consideração que boa parte de nossas crianças se alimentam na escola, creio que seja mais sensato (já que pelo jeito há opção) fechar todo o resto e permitir a volta aos colégios.
Esse seguramente é o post mais confuso e sem posição que produzi. Talvez por que seja assim que vejo os últimos fatos. Repito: tem algo estranho no ar!
Não quero morrer de gripe. A propósito, não quero morrer. Não sem antes conhecer a mamãezinha do nosso ministro, afinal, ela deve conduzir a política de saúde pública do país.
Atchim!

10 comentários:

Biba disse...

Pensei que você não queria morrer sem conhecer a Maitê num sentido, digamos, poético...
Bom o post. Também sinto que há algo no ar.

Beijos,
Carpe Diem!!

Ricardo Valente disse...

Parecido com a Espanhola, são seres que surgem do nada? Por que estamos alterando o ecossistema? A guerra microbiológica taí!
Medidas preventivas e vacinas... mais vacinas.
Cada vez me convenço mais que temos que dar as mãos e amar.
Bêrro, Beto!

Leandro Fonseca disse...

porra, tem toda uma especula~ção da Mídia em cima de isso. É mais fácil pegar AIDS do que gripe A, meu caro. Pegar esta gripe é, suinamente falando, um azar.

Mai disse...

Beto, trabalho em um grande hospital e digo-te que sim, diante do vírus H1N1, há questões importantes que precisamos atentar nos cuidados com essa gripe. A imprensa aumenta o pânico quando poderia informar melhor as autoridades se omitem quando deveriam tomar medidas necessárias.
.
Vacas loucas, mosquitos, e porcos e a loucura que é a saúde pública em nosso País.

Beijos,

Anônimo disse...

心安居家看護
心安居家看護中心提供:看護居家看護照顧醫院看護照顧,是合法登記專業看護中心,為政府立案,希望給客戶滿意照顧病患,緊急臨時找看護,上網關鍵字,奇摩yahoo或中華Google心安居家看護中心,醫院看護-台大、國泰、中華、慈濟、三軍、榮總、馬偕教友、陽明醫院、皆可服務陽光看護,照顧細心,慈愛心,關懷心。

看護居家看護看護中心看護照顧定期看護短期看護>>>參考網站

Anônimo disse...

提供最佳的十大生活資訊與分享:
你知道哪裡有好吃的蛋糕嗎!
你知道白蟻如何防治嬤!
汽車隔熱紙一定是越貴越好嬤!
哪一種棧板是具有環保!
台中哪一家整形醫師縫雙眼皮最讓妳滿意!
關鍵字的搜尋行銷要領
如果要高雄旅遊,讓我告訴你高雄縣旅遊觀光景點
會計事務所到底是做哪些事!
長期照顧老人看護要如何選擇
哪裡可以選到價廉物美的服飾批發!

Anônimo disse...

整形 柴犬
外籍新娘 肉毒桿菌
網路行銷 網站排名
汽車旅館 保健食品
整形外科 台中住宿
高雄旅遊 日系服飾
瑜珈教室 居家看護
扭力板手 chocolate

Silvares disse...

Também postei a este respeito. Estou em crer que há alarme demasiado e com motivações pouco confessáveis (económicas?) ou então, como diz o Luís M num comentário lá no 100 Cabeças, falta assunto às agências noticiosas. Mas isso é ele que é um brincalhão.

glória disse...

Beto, lembrei de você, encontrei a Maitê na controvertida peça "As meninas", sentada ao meu lado, no Rio. Pensei, na hora, que bem podia ser você. Essa gripe carrega muitas histórias mal contadas. Eu também fico zanzando que nem você quando teço alguma opinião. Tem um vírus estranho no ar. bj

Andre Esteves disse...

Crônica realmente excelente.