Oportunidades

Dia destes tive um conto publicado na 3:AM Magazine Brasil. Na mesma época, um texto daqui mesmo, no Laura Peixoto, um blog jornalístico, e agora mais um conto no Pensandoarte, do amigo Robson. Poxa, "to grandão"!
Brincadeiras à parte, tenho mais é que agradecer as oportunidades que tenho recebido para ser lido. Já falei disso aqui, mas só para lembrar: é muito bom. Quando alguém me lê (independente de gostar ou não) está me alimentando, me dando "corda" para que eu continue cometendo contos, crônicas ou seja lá o que for. Obrigado a este pessoal por estas refeições.

16 comentários:

afobório disse...

olá.

poxa, tá grandão mesmo heimmm, meus parabéns beto, é como sempre digo, você merece, escreve muito bem.

parabéns mais uma vez.


sorte e luz.

afobório disse...

uma noite sem amor


divino.


sorte e luz.

Beto Canales disse...

Obrigado Afobório. Quanto a expressão "to grandão" eu gosto muito. Hehe... Ela é meio sarcástica, o que dá a graça.

Adriano Queiroz disse...

Gosto do que escreve.
Continue cometendo, seria um crime não fazê-lo.

Parabéns e sucesso.

Abraços.

Dri Viaro disse...

Beto passei pra te desejar otima semana e pra ler tb

tb adoro que me leiam, mesmo que eu escreva varias besteiras cotidianas, é muito legal, a gente fica feliz mesmo

mas vc escreve coisas muito legais


bjao

Jana disse...

É isso aí, Beto!
Vamos continuar nos metendo por aí.

:)

Jana disse...

Li os três.
Um melhor que o outro.

felipe lima disse...

Eu fiquei desnorteado com o texto do pastor...

Luiz Gonzaga disse...

Maravilha! Continua escrevendo que eu (e não só eu, of course) continuarei lendo.

laura disse...

Precisa botar um gas pra escrever?
Disciplina, cara, disciplina!!! rsrsrs

Ainda bem q tu não é "fazido"...
Abração!

Beto Canales disse...

Hehe... Na verdade, Laura, não preciso. por sinal, adoro aquela frase: "toda a vez que a inspiração bate lá em casa ela me pega trabalhando".

Sento e escrevo, da mesma forma que um músico senta e toca.

Obrigado pelo apoio de todos.

Beto Canales disse...

Mas, concluindo, escrever pra ninguém realmente não é comigo. A literatura depende de no mínimo duas pessoas: escritor e leitor.

Robson disse...

Suspect...

Cara de 30 disse...

Como dizemos aqui pela cidade escaldante e (vez ou outra) maravilhosa: tu tá bombando, hein?! :)

afobório disse...

e tá grandão mesmo.


sorte e luz.

afobório disse...

mas porque escreve bem. muito bem.

sorte e luz.