O curioso caso de Benjamin Button


Um amigo disse a seguinte frase, de sopetão, sem rodeios: "se falar mal do Benjamin no teu blog dou um laço no teu filho, já que contigo não posso". Tem juízo.
Fui ao cinema. Iria de qualquer maneira por causa das treze indicações. Na verdade, iria sem indicação alguma. Mas, depois da frase, fui correndo e curioso. Pois lá no escurinho sedutor, lembrei do conto em que ele foi baseado, dos 150 milhões de dólares gastos e da ameaça. Começa o bem feito filme e o tempo parece não ser a tônica. A fotografia é lindíssima e a atuação do feioso do Brad Pitt é excelente. Na verdade, todo o elenco tem bom desempenho. A linha temporal do é feita de maneira inteligente e fácil. Isso deu um charme especial à obra, até por ser um detalhe essencial para a boa compreensão. Outro destaque é a maquiagem. Primeiríssima qualidade, como a ambientação de época. O longa é, sem dúvida, bem feito. Muito bem feito. Algo estranho, porém, aconteceu comigo. Acostumado a chorar inclusive ao ouvir uma música bela, fui preparado para o pranto e nada. Sacanagem, só dei uma choradinha muito da "muquirana". Parecia mais um cisco no olho, algo que sempre acontecia comigo quando era criança.
Teclando com uma amiga, literalmente professora de cinema, a Biba (Carpe Diem), ponderei que talvez fosse um filme que tocasse mais as mulheres, já que no cinema eram suspiros durante o filme - imagino a razão - e pranto no final, principalmente na ala feminina. E eu ali, durão, impávido, somente com o cisco incomodando. Isto é curioso. Me senti um robô.
Até pelas 13 indicações ao oscar, evidente que é um bom filme. Mas nem de longe entraria na minha lista dos dez melhores (aquela que só entra e nunca sai nenhum) e muito menos na de três (para entrar um, sai outro).
Não vou dizer que não gostei e nem que - ainda não vi os outros - não deva ganhar o oscar. Mas só não falarei isso para que meu menino não corra riscos. E também por que não sou bobo de contrariar professora no começo do ano.
Beto Wall-B, o robô, implacável, sem coração, sem lágrimas, mas com noção do perigo.

9 comentários:

Biba disse...

Beto, seu bom humor é contagiante. E, sabe, não precisa chorar durante a exibição. Eu nunca choro. Às vezes fico com a garganta engasgada, cisco no olho, mas o choro não vem. (Já se for em casa...)Bem, o fato é que você percebeu coisas importantes na obra, isso me deixa aliviada. Eu imaginei você martelando um terrível NÃO para o filme. Também não acho que seja para entrar nas listas de que você falou. Mas vale o ingresso, não vale?
Beijão!
Carpe Diem!!

Jana disse...

Vou ver só porque acho Benjamin um nome bonitinho.


Beijoca
;)

.nara.grilo. disse...

Tbm assisti a esse filme. Gostei muito. A maquiagem, como você disse, estava incrível. A história é muito interessante tbm.
:)

Maldito disse...

Parabens pelo blog e pala sua maneira de escrever!@
Inté!

Silvares disse...

Aqui para nós, que ninguém nos ouve, também senti essa de durão e tudo (o Brad Pitt tem um lábio superior bem feioso visto de perfil, mas não diz a ninguém porque deve encaixar na perfeição naquele outro lábio que nós sabemos ;-) e senti um ou outro momento de enfado naquela parte em que o Pequeno Botão ficava cada vez mais senil de tão jovenzinho. No final, pesadas as coisas boas e as coisas más, até que achei o filme bonitinho. Mas não muito mais do que isso. Um bom filme mas não um daqueles de Lista 10. Não convém exigir demasiado da vida. Ela pode não ter a "tal" coisa para oferecer...

Kau'S disse...

Eita! Minha boca secou de vontade de ver esse filme ;D, memso sabendo não caber entre os 10, adoro maquiagem, já vale por isso!

Maverick disse...

Ué ta todo mundo falando da maquilhagem !!!!!! isso ai foi nomeado pros efeitos especiais?!!!
BIBA gostei de ver voce por aqui... porque? porque sim ;-D
Beto acho que voce estava desidratado quando assitiu a esse filme... vai por mim, volta la e leva uma loira.... bem ai nao sei se chama a mesma coisa. Loira... copo de cerveja :-D
Quanto ao filme
EU NAO VOU VER
Eu so vou ver filme de chradinha pranto do Beto, acho que os criticos de cinema (ou sera que se diz analistas de cinema, assim tipo analistas de laboratorio quando voce faz xixi no copito), dizia, os criticos de cinema deveriam começar a usar um simbolo de gotinha de agua na tabela de votação assim tinha 1 ou 5 gotinhas em vez de estrelas.....
O oscar de melhor filme deveria ser feito de cebola para por todo mundo a chorar....
As estatuetas deveriam ser de gelo para chorar no chao, e dar um pouco de sumo aquela cerimonia que e uma seca....
ESTOU A DELIRAR, E MELHOR PARAR...
OK fui...

Afobório. disse...

beto meu camarada, devo dizer que esse seu texto me fez ler em volz alta.
muito bom, e olha achei seu humor de uma sensibilidade habilidosa.

parabéns.


sorte e luz.

T.R.Freitas disse...

Putz, devo dizer (pq tem gente q começa a falar 'devo dizer? Esquisito...)que o Filme é muito bom - principalmente o final que pra mim é o unico momento emocionante - mas exageraram nas críticas. Brad Pitt melhor ator? Sou mais os 'Milionários Favelados' q paparam tudo nesse ultimo Oscar. Amem, bro..

\0\|o|/0/