Futebol, Maitê e Violência

Não gosto de falar de mim. Nem escrever. Mas existem algumas situações em que dissertar sobre os próprios hábitos ou princípios, são essenciais para que a mensagem a ser transmitida fique mais clara, mais linear. Facilita, na verdade.
Pois sou uma pessoa extremamente pacífica, o que contrasta frontalmente com o "reclamão" que também sou. Explico: não deixo por menos quando lesado. Por exemplo, essas empresas de telefonia celular que insistem em atuar como verdadeiros larápios. Quando tentam roubar-me - esse é o termo correto - desço dos tamancos (se bem que nunca usei esse calçado) e não permito. Assim também com os bancos, os maiores de todos em se falando de desonestidade, ou qualquer outra empresa "falcatrua", tão e tão comuns em nossa grandiosa terra Brasilis.
Brigo, xingo, ameaço, uso qualquer recurso para deter as investidas deles. Faço qualquer coisa que meus argumentos permitam. Aí o contraste, pois jamais passaria das palavras. Não consigo imaginar sequer encostar em outra pessoa com a intenção de puni-la. Dar um soco em alguém? Nenhum motivo seria suficiente para uma reação dessas. Claro que falo dentro de parâmetros normais, sem considerar atos extremos que invoquem defesa ou coisas do gênero. Vejo notícias que mostram crianças verdadeiramente torturadas e fico em choque, de tarados que destroem vidas inteiras para satisfazer um segundo de fantasia, de policiais que batem em presos algemados, de criminosos que sadicamente machucam e humilham suas vítimas sem razão alguma e penso em parar o mundo e descer. Sem pagar a passagem.
Mas a verdade é que nem precisa tanto. Alguém chutar um cachorro, prender um pássaro ou mesmo um pequeno beliscão dado por uma mãe em uma criança que corria, já me perturbam. Acredito que qualquer manifestação de violência, falo aqui basicamente das físicas, mas também as psicológicas, são a prova maior e incontestável da podridão humana. É o atestado de que não passamos de animais estúpidos, pretensiosos e selvagens.
Por isso minha postura pacifista e incondicional defesa da não-agressão. Faço disso, e falo agora de maneira simbólica, minha "luta" diária em favor da civilidade, da bondade, do bom convívio entre todos nós.
Mas - sempre tem um, é claro - não coloquem os juízes que apitaram os dois últimos jogos da Copa do Brasil na minha frente. Não façam isso. Minha vida, meu caráter, minhas ideias e minhas poucas - raríssimas - qualidades estariam em risco. E eles também.
Agora vou ler algo escrito pela Maitê. Talvez ligar e falar de poesia.

9 comentários:

Letícia disse...

Assim que li "Maitê", eu corri pra ler seu texto. ¬¬

Você é o cidadão bom cárater, Beto. Também sou assim. Não aguento atrocidades e enrolações. Também nunca usei tamancos. =S

E fazia tempo que não lia a palavra "larápios".

E escreve um texto sobre a Maitê, ora bolas. =)

Anônimo disse...

YM
批發

seo

網路行銷

Éverton Vidal disse...

Oi Beto,

Eu vivo nessa corda, que é bamba, lutando pra tornar o meu mundo melhor (no auge dos 20 e poucos ainda acredito nisso)enquanto me equilibro pra nao cair quebrado pelos lárapios do mundo. O mundo está cheio deles e me esforço pra nao dançar essa dança (seria masi fácil né).

E nao poucas vezes também chego a concluir: "não passamos de animais estúpidos, pretensiosos e selvagens."

E eu penso que nao deveria terminar aí.

Aquele abraço.
Inté!

Maverick disse...

Xiça Beto venho aqui depois de quase meio ano e levo logo com a MAITE em titulo. Xiça amigo, voce desfruta da MAITE e da sua proximidade como quem compra fruta no mercado, ou quem faz surf... so pelo gozo disso... xiça amigão e so precisou quase atropelar ela neh.....
Sim é verdade tou meio invejoso.
Não corrigo-me, estou TODO invejoso ihihihihihih
Um dia eu pego ela ihihihi
Um dia ela vai acreditar que eu gosto de a ler, de a ouvir, de a desfrutar assim como gosto de ler de ouvir e desfrutar do teu blog Beto.
Não não sou homosexual, tira dai o problema, sim eu sei, nao e problema, nao pode ser problema, nao e politico ser problema.
Mas e mesmo assim, ninguem chega junto de alguem so porque quer, nem so porque luta, e pura sorte.
Chega de MAITE... não chega não, não chega nunca ihihihih
Beto agora voce amigao: ta bom seu blog, ta fresco, voce tem ritmo e boa onda, seja de verao ou de inverno, verdade ai ta ficando frio neh ihihihihihih, desta vez tocou azar pro seu lado, aqui ta quentinho maravilha.
Beto amigo, fica nessa onda que eu gosto demais dela.
Tambem tou braza nas operadoras de telemoveis e xingo e apresento queixa na autoridade nacional, e muitas vezes resulta.
Sobre a violencia, so da mesmopara abanar cabeça e tentar adormecer desse mundo de vez em quando... quando a coisa ta negra voce liga pra MAITE, eu fico ouvindo a sua conversa na porta ao lado, deste lado no fio.
Fica bem.
As vezes estes posts ficam uma trampa graatical sabe porque? porque eu nao ganho disciplina para ler aquilo que escrevi, gosto mais assim, tem mais de conversa menos de prosa...
Se voce voce ela seria um beijo, assim voce fica so de abraço ihihih
Bom ter voce ai sempre
Abração amigo do outro lado do azul
Beijo para ELA

Anônimo disse...

FS
情趣用品

提供上千種成人商品線上購物服務--專營情趣商品、男女自慰用品、性感睡衣、情趣用品批發、自慰套、SM商品、逼真情趣娃娃、跳蛋、按摩棒、同志用品、TENGA飛機杯..,可線上刷卡及貨到付款。 ... 收到的東西會有情趣用品的字樣嗎? 轉帳之後,如何通知這筆款項是我付的
導航

Extase disse...

quando eu for um cineasta famoso te avisarei para não falr mal de mim....

Felipe Lima disse...

Numa nação civilizada, não é engraçado que a maior carência seja a de civilidade? Piadas, piadas e piadas...

Anônimo disse...

Devíamos acabar com os dois ladrões mesmo...

Ricardo Valente disse...

hehe se forem me roubar, não deixem eu perceber hehe